19.5 C
Simão Dias
10 de julho de 2020

Aliança PT/PSB para à PMA coloca Esmeraldo Leal como vice de Cristiano Viana em Simão Dias

Na manhã desta sexta-feira (22) explodiu nos bastidores políticos de Sergipe às tratativas de aliança envolvendo o PT e PSB em torno da disputa eleitoral em Aracaju no próximo ano.

Quando soube da informação, segundo o blog do Max Augusto, o governador Belivaldo Chagas (PSD) teria informado ao senador Rogério Carvalho e a vice-governadora Eliane Aquino, ambos do PT, que não aceitaria a junção PSB/PT, e que romperia com os petistas.

“O governador Belivaldo Chagas (PSD) já avisou: não aceita coligação do PT com o PSB em Aracaju, na eleição municipal do próximo ano”.

“Ele já conversou com o senador Rogério Carvalho e com a vice-governadora Eliane Aquino, e disse não ter objeções em relação a uma candidatura própria do PT na disputa pela prefeitura de Aracaju”.

“Mas o governador deixou claro que uma possível aliança com o PSB dos Valadares significaria o rompimento com o PT, no âmbito estadual”, destacou Max.

No final da tarde, o ex-senador Valadares (PSB), tratou de desmentir o acordo e afirmou que o problema com o PT é do governador e ex-aliado político. “Pura especulação tratativas de entendimento do PT e o PSB. A candidatura do PSB a pref de AJU é uma posição natural em face das últimas eleições. Se Belivaldo, o “Imperador” com o seu ódio doentio ameaça a autonomia do PT que o elegeu, exonerando todos os cargos é problema dele”, escreveu Valadares no twitter.

O deputado e presidente do PT em Sergipe, deputado João Daniel, defensou da aliança entre petistas e comunistas (Edvaldo Nogueira) na capital, também desmentiu a junção. “Isso não existe, é boato. Não há nenhuma decisão sobre candidatura própria à Prefeitura de Aracaju e até hoje não há conversa sobre aliança com o PSB para a disputa eleitoral de 2020 na capital sergipana. Mas continua em conversações internas a possibilidade de ter candidato próprio ou manter a atual aliança. Isso será avaliado em momento interno definido pelo PT e os petistas”, falou João Daniel.

Simão Dias

A possível aliança entre PSB/PT e o rompimento com o governador Belivaldo Chagas coloca o ex-candidato a deputado estadual, Esmeraldo Leal (PT), como postulante ao cargo de vice-prefeito na chapa liderada pelo ex-vereador e suplente de deputado federal, Cristiano Viana (PSB), na corrida pela Prefeitura de Simão Dias em 2020.

Esmeraldo Leal (PT)

Publicações relacionadas

Após derrota de Eduardo no PSL, Bolsonaro diz que indicação do filho para embaixada está mantida

bode

Pequeno Soares terá fôlego suficiente para continuar na Câmara após trair Marival

Redacao Primeiro

De que lado o vereador Júnior de Josino estará em 2020?

bode
Carregando...