22.6 C
Simão Dias
12 de dezembro de 2019

Aliança PT/PSB para à PMA coloca Esmeraldo Leal como vice de Cristiano Viana em Simão Dias

Na manhã desta sexta-feira (22) explodiu nos bastidores políticos de Sergipe às tratativas de aliança envolvendo o PT e PSB em torno da disputa eleitoral em Aracaju no próximo ano.

Quando soube da informação, segundo o blog do Max Augusto, o governador Belivaldo Chagas (PSD) teria informado ao senador Rogério Carvalho e a vice-governadora Eliane Aquino, ambos do PT, que não aceitaria a junção PSB/PT, e que romperia com os petistas.

“O governador Belivaldo Chagas (PSD) já avisou: não aceita coligação do PT com o PSB em Aracaju, na eleição municipal do próximo ano”.

“Ele já conversou com o senador Rogério Carvalho e com a vice-governadora Eliane Aquino, e disse não ter objeções em relação a uma candidatura própria do PT na disputa pela prefeitura de Aracaju”.

“Mas o governador deixou claro que uma possível aliança com o PSB dos Valadares significaria o rompimento com o PT, no âmbito estadual”, destacou Max.

No final da tarde, o ex-senador Valadares (PSB), tratou de desmentir o acordo e afirmou que o problema com o PT é do governador e ex-aliado político. “Pura especulação tratativas de entendimento do PT e o PSB. A candidatura do PSB a pref de AJU é uma posição natural em face das últimas eleições. Se Belivaldo, o “Imperador” com o seu ódio doentio ameaça a autonomia do PT que o elegeu, exonerando todos os cargos é problema dele”, escreveu Valadares no twitter.

O deputado e presidente do PT em Sergipe, deputado João Daniel, defensou da aliança entre petistas e comunistas (Edvaldo Nogueira) na capital, também desmentiu a junção. “Isso não existe, é boato. Não há nenhuma decisão sobre candidatura própria à Prefeitura de Aracaju e até hoje não há conversa sobre aliança com o PSB para a disputa eleitoral de 2020 na capital sergipana. Mas continua em conversações internas a possibilidade de ter candidato próprio ou manter a atual aliança. Isso será avaliado em momento interno definido pelo PT e os petistas”, falou João Daniel.

Simão Dias

A possível aliança entre PSB/PT e o rompimento com o governador Belivaldo Chagas coloca o ex-candidato a deputado estadual, Esmeraldo Leal (PT), como postulante ao cargo de vice-prefeito na chapa liderada pelo ex-vereador e suplente de deputado federal, Cristiano Viana (PSB), na corrida pela Prefeitura de Simão Dias em 2020.

Esmeraldo Leal (PT)

Publicações relacionadas

Saques de até R$ 500 do FGTS para não correntistas da Caixa nascidos em janeiro começam hoje

bode

Zé Carlos decide deixar Agrupamento Valadares e migrará para o PSD

bode

Após derrota de Eduardo no PSL, Bolsonaro diz que indicação do filho para embaixada está mantida

bode
Carregando...